Após polêmica no Windows 10, CCleaner causa problemas no Firefox

1 min de leitura
Imagem de: Após polêmica no Windows 10, CCleaner causa problemas no Firefox
Imagem: Mozilla/Divulgação
Avatar do autor

O CCleaner, programa de limpeza e manutenção, está eliminando extensões e dados do Mozilla Firefox. O problema foi denunciado por usuários do navegador, sobretudo da versão 79.0, recentemente lançada pela empresa. 

Com esta atualização, o Mozilla alterou o local e a maneira como os dados das extensões são instalados e, posteriormente, sincronizados com o Windows 10. Especula-se que esta alteração fez com que o CCleaner começasse a excluir mais do que deveria, incluindo dados do navegador e, principalmente, as extensões.

Apesar de este problema parecer novo, indícios apontam que ele já é antigo. Quando a versão de testes do Mozilla Firefox 79.0 foi lançada, usuários do CCleaner já reclamavam do problema. No entanto, nenhuma correção foi realizada pela Piriform, empresa da Avast responsável pelo programa.

a  Baixaki/Reprodução 

Problemas no Windows 10

No começo deste mês, o CCleaner apresentou erros relacionados ao Windows Defender, antivírus nativo do Windows 10, que o classificou como “software potencialmente indesejado” — o que pode acontecer, mesmo se o programa não apresentar atividade maliciosa. 

“Como resultado de uma nova sincronização de armazenamento implementada recentemente pela Mozilla no Firefox 79, a atual versão do CCleaner executa uma limpeza nos dados de configuração das extensões do Firefox. Fomos notificados sobre isso por nossos usuários no início de julho e, embora sempre nos esforçamos por encaminhar todos os comentários, nesta ocasião, infelizmente, não tomamos ações tão rápidas como usualmente fazemos. Estamos em contato com a Mozilla para resolver isso o mais rápido possível", disse a Avast por meio da sua assessoria de imprensa.

Após polêmica no Windows 10, CCleaner causa problemas no Firefox