Mozilla encerrará suporte ao Adobe Flash no Firefox 84

1 min de leitura
Imagem de: Mozilla encerrará suporte ao Adobe Flash no Firefox 84
Avatar do autor

A Adobe pretende encerrar o reprodutor multimídia Flash ainda neste ano, e a Mozilla revelou quando os usuários do Firefox vão se livrar da antiga plataforma de animações. Segundo um funcionário da empresa, a versão 84 do navegador deve marcar o fim do suporte para a tecnologia, mas isso ainda deve demorar.

Ao responder um usuário no fórum da Mozilla, o programador Chris Peterson, que trabalha no Firefox, disse que a versão 84 do navegador está planejada para chegar no último semestre de 2020. O browser Nightly, que serve de laboratório para novidades, terá o encerramento do Flash em outubro, enquanto a edição estável do programa receberá a atualização em dezembro.

Os usuários do Firefox Nightly terão o privilégio de abandonar o Flash com antecedênciaOs usuários do Firefox Nightly terão o privilégio de abandonar o Flash com antecedênciaFonte:  Mozilla 

O encerramento do Flash primeiramente no Nightly já era esperado, visto que a versão é utilizada pela Mozilla para testar ferramentas em beta e verificar problemas antes de uma distribuição mais abrangente. Além disso, a empresa já utilizou a edição prévia do browser no passado para reduzir o uso do famigerado plugin da Adobe.

Atualmente, a versão final do Mozilla Firefox ainda permite que o Flash seja utilizado, mas o reprodutor vem desabilitado por padrão no navegador. Assim, os usuários só conseguem acessar o recurso se passarem por algumas barreiras e ativarem manualmente a solução dentro das configurações do browser.

Fonte:  Adobe 

Os movimentos da internet para acabar com o Flash se intensificaram nos últimos cinco anos, após a adoção em massa do HTML5 e diversas empresas pularem do barco do plugin de animação por causa de problemas de segurança. O Google Chrome, maior navegador do mercado atualmente, encerrou o suporte à tecnologia em 2016.

Após o crescente abandono da plataforma, a Adobe anunciou o fim do Flash em 2017, mas a solução só deixará de ser distribuída e atualizada neste ano, o que deve marcar, oficialmente, a morte do plugin de navegador. Uma data para o "velório", porém, ainda não foi anunciada pela gigante dos softwares.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Mozilla encerrará suporte ao Adobe Flash no Firefox 84