O Flash Player tem gerado muita dor de cabeça para todo mundo envolvido na web nos últimos anos pelas incontáveis falhas de segurança que a Adobe simplesmente não consegue resolver. Por conta disso, as pessoas estão abandonando esse barco antes de ele afundar. A Mozilla acaba de confirmar essa tendência com o lançamento da última versão do Firefox Nightly, que não precisa mais do famigerado plugin para rodar vídeos em Flash.

Em vez disso, a desenvolvedora do navegador incluiu um novo complemento chamado "Shumway". Agora, é possível executar vídeos hospedados em qualquer site da web que estejam em Flash sem nunca instalar o tal plugin no navegador. O Shumway já vem incluído na versão de testes do Firefox e, em breve, deve ser lançado também na versão estável do software.

Limitações

Apesar da boa notícia, elementos em Flash que não são vídeos — como animações e outros enfeites cafonas — não serão suportados pelo novo complemento do Firefox Nightly. Sendo assim, se ainda existirem sites na web completamente feitos em Flash, eles continuarão requerendo o plugin oficial da Adobe para funcionar.

Contudo, parece que essa ferramenta está ficando cada vez menos necessária. O Chrome tem sua própria versão simplificada do plugin incluída no navegador que evita o trabalho do usuário de realizar esse tipo de instalação por razões de segurança. O YouTube, por sua vez, sendo a maior plataforma de vídeos da web, já tinha uma versão HTML5 há muito tempo, mas só recentemente passou a “abandonar” sua versão em flash. Ou seja, o fim está próximo.

Ainda não há uma data certa para a chegada do Shumway ao Firefox tradicional, mas os usuários da raposa certamente vão gostar dessa nova praticidade. 

Cupons de desconto TecMundo: