WhatsApp volta a testar mensagens 'autodestrutivas'

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp volta a testar mensagens 'autodestrutivas'
Avatar do autor

O WhatsApp retomou os testes de uma função bastante pedida pela comunidade e que é uma das atrações do seu principal concorrente, o Telegram. Trata-se da definição de uma contagem regressiva para uma mensagem que, ao fim do tempo estabelecido, é deletada pelo sistema.

Esse recurso de "autodestruição" do conteúdo foi flagrado pelo site WABetaInfo na versão de testes 2.20.84 do mensageiro. Ele se chama Delete Messages e pode ser acessado no menu principal de configurações do app, assim como as opções de criptografia e visibilidade de arquivos multimídia.

O funcionamento é bem simples: ao ativar o recurso, pode-se escolher o quanto as próximas mensagens vão durar, com contagens de vão de 1 hora até 1 ano. Aparentemente, ao menos por enquanto, a "autodestruição" vale para absolutamente todos os recados enviados a qualquer contato, sem que seja possível escolher quais entram no conjunto ou não. Além disso, é válido tanto para conversas em grupo quanto em chats individuais.

A tela de seleção da validade das mensagens.Tela de seleção da validade das mensagens.Fonte:  WABetaInfo 

As mensagens que fazem parte da contagem recebem um ícone de relógio ao lado da data de envio.

A informação de que aquela mensagem vai se autodestruir em algum momento.Informação de que a mensagem vai se autodestruir em algum momento.Fonte:  WABetaInfo 

A presença do recurso na versão Beta não significa que a função será liberada oficialmente, mas com certeza aumenta as esperanças dos usuários. Por enquanto, não há uma previsão de lançamento para a autodestruição de mensagens, mas o desenvolvimento já tinha sido detectado em outubro do ano passado, o que significa que a empresa está trabalhando nele há algum tempo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
WhatsApp volta a testar mensagens 'autodestrutivas'