Brave: navegador já permite saque em dinheiro para quem visualiza anúncios

1 min de leitura
Imagem de: Brave: navegador já permite saque em dinheiro para quem visualiza anúncios
Fonte: Shutterstock
Avatar do autor

Brave é um navegador livre desenvolvido pela Brave Software Inc. e que, além de ser mais ágil que alguns browsers tradicionais, permite o bloqueio de anúncios e rastreadores de sites. Em maio deste ano, a empresa comunicou que uma nova atualização permitiria que seus usuários gerassem receita de BAT (Basic Attention Token, a criptomoeda da empresa) através da visualização de anúncios, se assim desejassem. Na última semana, decidiu dar um passo à frente e permitir o saque das BATs geradas.

Inicialmente, a ideia era que os tokens fossem utilizados como gorjetas para criadores de conteúdo, como youtubers e streamers, que muitas vezes dependem de recompensas de fãs para continuarem com seus projetos ativos.

De acordo com o anúncio oficial, publicado em um fórum da companhia, agora os usuários que utilizam o browser na versão Brave Nightly poderão retirar as BATs da carteira depois de criar e verificar uma conta no Uphold, uma plataforma de serviços financeiros parceira da desenvolvedora. Segundo a nota, é garantido que a Brave não armazena os dados fornecidos durante a inscrição.

Após a verificação no Uphold, os usuários também poderão comprar BATs adicionais, se quiserem continuar utilizando as moedas para pagamentos de gorjetas em vez de saques particulares.

(Fonte: Brave/Divulgação)

Até o momento, a versão do navegador que contém essa atualização está em fase de testes e apresentando instabilidades; e os desenvolvedores estão coletando os feedbacks para aprimorar a plataforma o mais rápido possível. A previsão é que tudo esteja resolvido até agosto.

O Brave Nightly pode ser baixado no site oficial da empresa e está disponível para Windows, macOS e Linux.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Brave: navegador já permite saque em dinheiro para quem visualiza anúncios