O AndroidPolice descobriu uma "terceira opção" de modo escuro no Android Q, uma espécie de "modo escuro extra". Duas outras opções ou níveis já haviam sido encontradas anteriormente, mas essa é a mais intensa, pois possui um esquema de cores um pouco diferente dos demais e faz alguns objetos “desaparecerem” da interface do sistema, como se ele estivesse “bugado”.

O Android Q Beta está sendo testado pela galera que usa os aparelhos Pixel, da Google, e, claro, sendo analisado pelos desenvolvedores do XDA. Como versão inacabada, é normal que o SO contenha funções que não foram totalmente implementadas.

Uma delas é justamente o modo escuro. Uma das duas versões anteriormente reveladas escurece o sistema e alguns apps suportados. A outra é aplicada no sistema, nos apps suportados e ainda força o escurecimento dos apps que ainda não são oficialmente suportados.

Veja na figura abaixo: o modo escuro normal (à direita) e o extra (à esquerda). Perceba que alguns ícones da barra de notificações não aparecem, assim como a barra de navegação por gestos.

Fonte: AndroidPolice

Pela forma trabalhosa como esse modo escuro é habilitado, podemos supor que ele foi descoberto por acaso.

Quem tiver um aparelho compatível e quiser aproveitar um modo escuro extra, com esquemas de cores um pouco diferentes, e não ligar para o sumiço de alguns ícones e indicadores precisa apenas ativar o modo escuro normal, reiniciar o aparelho, entrar nas opções de desenvolvedor e habilitar o switch do modo escuro forçado em apps. Isso deve ser suficiente para que o modo escuro alternativo seja aplicado.

Da esquerda para a direita: modo escuro extra, modo escuro forçado e modo escuro normal (Fonte: AndroidPolice)

Como aconteceu anteriormente, podemos esperar que o Android Q seja anunciado em agosto. Enquanto ele não chega, vamos nos divertindo com as versões Beta e os recursos semi-implementados.

Cupons de desconto TecMundo: