As webcams fizeram muito sucesso no auge do saudoso MSN Messenger, agora, com um novo software criado por cientistas de quatro universidades, será possível tirar das gavetas as boas e velhas câmeras de web.

O grupo de engenheiros de computação do Instituto Max Planck de Informática, da Universidade de Saarland, da Universidade de Stanford e da Universidade Rey Juan Carlos, publicaram o primeiro avanço de seu novo e revolucionário projeto de pesquisa, se trata de um projeto que vai trazer de volta a boa e velha webcam.

Os pesquisadores desenvolveram um software que tem o poder de capturar o movimento para modelar animações de mão em 3D, tudo isso usando uma simples webcam conectada a qualquer computador.

Para usar o software, basta manter a mão na frente da câmera, e em algumas frações de segundo, o modelo virtual aparecerá na tela, de modo que replicará cada movimento instantaneamente.

O algoritmo usado pelo sistema funciona transformando a informação bidimensional da imagem de capturada pela webcam em tempo real em um modelo de movimento tridimensional dos ossos da mão.

Antes disso, nenhum outro software pode fazer isso com uma câmera de baixo custo. Isso foi possível graças à aplicação de várias redes neurais, treinados juntos para detectar e transformar o movimento dos ossos da mão, por meio de imagens planas de qualquer webcam.

Tal avanço representa um importante salto, levando em consideração que essa tecnologia que está praticamente ao alcance de qualquer um que possua uma webcam e um computador.

Apesar das diversas notícias sobre o uso de webcams para que cibercriminosos espionem a vida de usuários, parece que notícias boas como essa vão trazer de volta o uso das câmeras de web.