Google Chrome chegou a sua versão 67 e ela traz algumas mudanças para os usuários. Em primeiro lugar, a empresa vem cumprindo sua promessa de dar mais suporte para logins sem senha, quer dizer, que utilizem outras maneiras de autenticação além de termos que digitar uma sequência de letras e números toda vez que vamos acessar um serviço.

O navegador vai dar suporte a WebAuthn, um novo padrão de login sem senha, e vai possibilitar a entrada em sites usando autenticações por meio de pendrives, sensores de biometria e outros. O Firefox, principal concorrente do Chrome, já possui compatibilidade ampla com esse padrão e tipos de login sem senha.

Mais afinidade com realidade virtual e aumentada

A Google corrigiu 34 bugs de segurança no Chrome, 24 dos quais foram reportados por pesquisadores externos

Além disso, a nova atualização do Chrome vai dar mais suporte para dispositivos de realidade virtualaumentada com o Generic Sensor API, um padrão universal desenvolvido pela Intel que permite a conversa entre aplicativos da web com sensores desse tipo de dispositivo e de pulseiras fitness, por exemplo.

Já o WebXR Device API vai ajudar desenvolvedores a unificarem experiências entre headsets VR que usam smartphones (como o Gear VR da Samsung ou o Daydream da Google) e óculos VR de desktop (como o Oculus Rift ou o HTC Vive).

Por fim, a Google corrigiu 34 bugs de segurança no Chrome, 24 dos quais foram reportados por pesquisadores externos. A empresa listou nove falhas de alta gravidade, 12 de gravidade média e três problemas de baixa gravidade. Porém, tudo agora já está sob controle.

Cupons de desconto TecMundo: