A B2W, companhia que engloba e-commerces como Americanas.com, Submarino e Shoptime, anunciou que sua plataforma de Inteligência Artificial, nomeada de Marvin, passa agora a ser open source. Com a abertura do código principal na web, a empresa espera que cientistas de dados possam importar, organizar e explorar dados de modo muito mais rápido.

Segundo comunicado oficial, a Marvin deve disponibilizar uma arquitetura padronizada, capaz de simplificar processos de exploração e modelagem em projetos com foco em IA. Deve, ainda, permitir que soluções inteligentes sejam escaladas e automatizadas em toda a companhia. A ideia por trás do compartilhamento do código é que isso evolua e se transforme em novas possibilidades.

Plataforma da BW2 recebeu investimento bilionário

A plataforma de IA foi desenvolvida entre 2013 e 2015 e recebeu investimento de R$ 2,4 bilhões. Ao longo do tempo, o time de tecnologia e internet da B2W triplicou, contando hoje com mais de mil engenheiros de software. Com a abertura do código, a empresa espera que Marvin possa inspirar profissionais de diversos níveis de conhecimentos e habilidades, tornando isso uma espécie de parceria benéfica, com a qual todos possam crescer juntos.

Um dos principais objetivos de sua criação é que ela auxilie equipes de cientistas de dados, de modo a desenvolver projetos de machine learning de maneira ágil, conforme passo a passo padronizado pela plataforma. Ainda, a companhia afirma que o sistema pode ser usado e adaptado por indústrias de qualquer segmento.

texto

Marvin era inicialmente usada de modo interno por equipes da B2W. Durante esse tempo de uso, a empresa garante que a solução foi capaz de otimizar significativamente alguns processos. Exemplo disso seria o de que diversos projetos que duravam meses foram concluídos em semanas.

Além disso, a plataforma tem sido responsável por apresentar repostas importantes sobre clientes e produtos. Nesse caso, ela tem facilitado a melhor definição de preços, investimentos em marketing, aquisição de tráfego e segurança durante a jornada de compra online. Uma das aplicações da tecnologia diz respeito ao fato de oferecer informações mais direcionadas para o usuário, selecionando, por exemplo, cores e formatos que possam ser de seu maior interesse.

Nome teve inspiração em série literária de ficção científica

Mas como a B2W chegou ao nome Marvin? Ele foi inspirado no androide da série literária britânica “Guia dos Mochileiros das Galáxias”, de Douglas Adams. Nela, o personagem Marvin, o Androide Paranoide, tem um cérebro do tamanho de um planeta e é 50 mil vezes mais inteligente do que os seres humanos.

Os recursos da plataforma estão disponíveis neste endereço.

Cupons de desconto TecMundo: