Os estímulos visuais nas páginas da internet procuram chamar a atenção a todo momento por meio de banners, publicidade e cores fortes. Tais elementos acabam atrapalhando a navegação, sobretudo quando se trata de conteúdo que requer maior concentração, como reportagens ou entrevistas muito longas.

Uma saída que muitos navegadores têm disponibilizado aos seus usuários é a chance de ativar o modo de leitura nas páginas visitadas. Fazendo isso, a configuração da página é convertida em uma versão mais agradável, minimalista, sem elementos extras que possam interferir no fluxo da leitura.

Para quem utiliza navegadores como Opera, Firefox e Edge, a ferramenta já está disponível e pode ser facilmente encontrada no menu de configurações. Já para quem utiliza o Google Chrome, a ativação da função requer um procedimento mais avançado, pois o navegador ainda não possui a função disponível no menu padrão de configurações.

Como ativar o modo de leitura no Google Chrome

1. Ao abrir o navegador, digite o comando a seguir na barra de pesquisa: chrome://flags/#reader-mode-heuristics. Em seguida, clique em pesquisar. 

2. Selecione a opção "Default" no campo identificado como "Reader Mode triggering" (Acionamento do modo leitor). Logo após, escolha a opção "Always"  (Sempre). 

3. Um popup será aberto na parte inferior da tela e é preciso clicar em "Reiniciar Agora". A reinicialização aplicará as escolhas feitas ao navegador. 

Depois que o navegador iniciar, o modo de leitura já estará disponível no Google Chrome para todas as páginas que você desejar acessar.  

O popup ligado ao modo de leitura ficará no canto inferior da tela marcado com o botão "Otimizar página p/ dispositivo" e pode ser ativado todas as vezes que as páginas forem acessadas. Por meio do mesmo botão, é possível desativar o mecanismo também.

Outras informações sobre o modo de leitura no Google Chrome

A funcionalidade não é disponibilizada de modo convencional nas configurações do navegador da Google, pois se trata de uma ferramenta ainda em fase de testes.  É por essa razão que nem todas as páginas acessadas conseguirão converter para o modo de leitura. Ao acessar o comando mencionado no Passo 1, o navegador sublinha que se trata de um mecanismo ainda enquadrado como experimento, ao lado de vários que estão na mesma condição.

Por conta disso, é possível que, ao ativar o recurso, determinados dados do navegador sejam perdidos e a segurança, bem como a privacidade do usuário, sejam comprometidas.

Vale lembrar ainda que a função é voltada apenas para celulares e outros dispositivos móveis que operam com sistema Android.

Cupons de desconto TecMundo: