A Locaweb é uma das empresas mais conhecidas no Brasil no mercado de hospedagem de sites para o varejo, sendo uma das principais alternativas que vêm à mente de quem deseja criar uma página ou armazenar arquivos na nuvem. Porém, a companhia agora se prepara para entrar com força em um novo segmento: o de soluções tecnológicas corporativas.

Com um novo logotipo e uma equipe dedicada exclusivamente a esse setor, o novo braço da marca foi inaugurado no ano passado e trabalha de forma quase independente do tradicional. Para saber um pouco mais sobre essa novidade, o TecMundo entrevistou Everson Todoroki, gerente de pré-vendas e produtos da Locaweb Soluções Corporativas.

De acordo com o executivo, o foco da companhia é adicionar Inteligência à operação de seus clientes. “Trabalhamos muito com gestão, gerenciamento e controle de infraestrutura”, explica Todoroki. “Hoje nossa estratégia se baseia em entregar uma solução com altíssimo valor agregado ao cliente, oferecendo não só a infraestrutura, mas também serviços especializados e gestão de ambiente, tudo por um preço bastante atrativo”.

Visitamos o data center da empresa; na foto, os motores responsáveis pelos geradores de emergência

Um mercado competitivo, mas promissor

A concorrência anda acirrada nesse setor, e a Locaweb sabe disso. A IBM, por exemplo, acaba de inaugurar um novo data center em Softlayer em nosso país – trata-se do primeiro do gênero no Brasil. “O fato de que outras empresas estão chegando aqui é um bom sinal. Isso mostra que, apesar do cenário econômico difícil que estamos vivendo hoje, as companhias estão vendo um potencial de crescimento no nosso mercado”.

Todoroki também ressalta que a divisão de soluções profissionais da Locaweb foi projetada para atender a todo tipo de cliente, desde startups até negócios mais desenvolvidos. “Existem clientes com ambientes pequenos, de baixa complexidade, mas que são corporativos. Eles têm uma demanda específica de serviços que o varejo não consegue atender”, explica.

Em relação aos investimentos, o executivo afirma que o grande foco para os próximos meses é a questão da segurança (como proteções a ataques DDoS e ferramentas do tipo Web Application Firewall WAF) e soluções de big data. “Muitas empresas possuem muitos dados que elas nem sabem que têm valor e não sabem como utilizá-los. Não queremos apenas oferecer a estrutura, mas ofertar também o serviço de um cientista de dados”.

Um dos andares do prédio ainda é resfriado com Chiller, sistema que utiliza água

Novidades na infraestrutura do data center

O TecMundo também foi convidado para um passeio pelos dois andares que compõem o data center da Locaweb em São Paulo. A infraestrutura não mudou muito desde a nossa última visita ao local, em 2013 – há uma sala nova com ainda mais espaço para racks (e que ainda não está com 100% de sua capacidade). Além disso, a companhia finalmente inaugurou seu “cofre”, que é utilizado para proteger fisicamente os servidores mais críticos.

A empresa vai finalmente se livrar do resfriamento por água

De acordo com Marco Fonseca, gerente de data center da empresa, a tecnologia joga a favor da Locaweb. Novas tecnologias surgem a todo momento, e uma recente modernização das mídias de armazenamento utilizadas nos servidores fez com que a quantidade de computadores presentes em cada rack aumentasse drasticamente, otimizando o espaço total utilizado pela marca.

Em relação à tecnologia de armazenamento em flash, que vem sido utilizada intensivamente em países estrangeiros, Fonseca afirma que é necessário aguardar para que ela diminuía de preço no Brasil para que seja empregada de forma mais agressiva no data center. Embora a Locaweb já adote esse sistema, ele ainda é bastante restrito para clientes com necessidades específicas e sistemas mais complexos.

Para o ano que vem, o executivo promete que a companhia vai finalmente se livrar do resfriamento por água, conhecido popularmente como “Chiller”. Esse sistema ainda é empregado em um dos andares do data center e não está mais adequado à proposta ecológica defendida pela companhia – ele deve ser substituído pela refrigeração que recicla o ar quente emitido pelas próprias máquinas, refrigerando-o e redirecionando-o de volta aos servidores.

A principal novidade na infraestrutura da empresa é o cofre para proteger servidores críticos

Investimento em eventos e conteúdo

Não é apenas com uma infraestrutura gigantesca que a Locaweb planeja gravar seu nome no mercado. A companhia vem investindo bastante na organização e no patrocínio de eventos na área de TI e programação – no próximo sábado, por exemplo, ocorre a oitava edição da RubyConf, evento focado em desenvolvedores que já trabalham com tal linguagem ou desejam conhecer um pouco mais sobre ela.

Esse sempre foi um foco muito grande para nós; são cerca de 16 eventos por ano

“Esse sempre foi um foco muito grande para nós. Fazemos cerca de 16 eventos a cada ano”, comenta Luis Carlos, gerente de marketing institucional da empresa. “A Locaweb existe desde 1998 e logo em nosso primeiro ano de existência nós já criamos um evento para falar com os profissionais de internet, chamado Encontro de Desenvolvedores Locaweb”, explica. Hoje, em sua sétima edição, esse encontro já reúne mais de 3,5 mil participantes.

“Começamos com o RubyConf em 2007, uma época em que quase ninguém falava de Ruby on Rails no Brasil. Ajudamos a desenvolver esse mercado e hoje o evento tem espaço para mais de mil pessoas”, comenta. O formato da feira será um pouco diferente neste ano: serão cinco trilhas simultâneas, sendo duas salas de conferências e mais três espaços voltados para workshops, oficinais e atividades que gerem maior engajamento do público.

Além disso, embora o foco continue sendo a linguagem Ruby, a conferência deste ano abordará outras tecnologias, como o JavaScript. “Dessa forma, conseguimos aproximar não só o público que trabalha e desenvolve em Ruby on Rails, mas também aquele que gosta de tecnologia de um modo geral. Esse é um mercado que está sempre crescendo e que recebe muitas oportunidades, mesmo em tempos de crise”, finaliza o executivo.

Cupons de desconto TecMundo: