A câmera é uma das características mais importantes na hora de escolher um smartphone. Com a popularização das selfies, o sensor frontal também acabou ganhando muita atenção dos consumidores e, por consequência, das fabricantes.

É por isso que hoje vários smartphones chegam com recursos extras para atrair o público que se interessa em registrar bons autorretratos. Além de melhorar a qualidade da câmera, algumas empresas também apostam no flash frontal, softwares de embelezamento, estabilização óptica e até acessórios para capturar a imagem perfeita.

Logo abaixo você confere uma lista com os smartphones que consideramos os melhores para tirar selfies. Vale ressaltar que selecionamos apenas dispositivos que são oficialmente vendidos por aqui, então não espere encontrar modelos de fabricantes como HTC, Huawei e a Xiaomi, que recentemente saiu do mercado brasileiro. Também destacamos que os aparelhos foram dispostos de forma aleatória, sem seguir uma ordem de qualidade ou preferência.

ASUS Zenfone Selfie

  • Resolução da câmera frontal: 13 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.2
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: autofoco, flash dual-LED e modo selfie
  • Lançamento: 02/2015

Samsung Galaxy S7 edge

  • Resolução da câmera frontal: 5 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/1.7
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: auto HDR e dual call
  • Lançamento: 02/2016

Apple iPhone 7 Plus

  • Resolução da câmera frontal: 7 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.2
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: HDR, detecção facial, flash de tela e modo selfie
  • Lançamento: 09/2016

Quantum FLY

  • Resolução da câmera frontal: 8 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.4
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 720p
  • Extra da câmera frontal: flash LED
  • Lançamento: 09/2016

Alcatel Pixi 4 (6)

  • Resolução da câmera frontal: 8 MP
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: flash LED
  • Lançamento: 01/2016

Lenovo Moto Z

  • Resolução da câmera frontal: 5 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.2
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: flash LED
  • Lançamento: 06/2016

Sony Xperia XA Ultra

  • Resolução da câmera frontal: 16 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.0
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: HDR, autofoco, estabilização óptica e flash LED
  • Lançamento: 05/2016

Quantum MÜV Pro

  • Resolução da câmera frontal: 8 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.2
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 720p
  • Extra da câmera frontal: HDR, flash tela e modo selfie
  • Lançamento: 09/2016

Motorola Moto X Style

  • Resolução da câmera frontal: 5 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/2.0
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 1080p
  • Extra da câmera frontal: flash LED
  • Lançamento: 04/2015

Samsung Galaxy J7 Metal

  • Resolução da câmera frontal: 5 MP
  • Abertura da câmera frontal: f/1.9
  • Resolução de vídeo da câmera frontal: 720p
  • Extra da câmera frontal: flash LED
  • Lançamento: 01/2016

O que analisar na câmera frontal?

Assim como no caso da câmera principal na parte de trás do smartphone, a resolução não é o único aspecto que determina a qualidade de uma foto. Na verdade, essa é apenas uma das características que pode afetar o quão boa a imagem vai ficar.

A abertura, por exemplo, faz referência à quantidade de luz que a lente deixa entrar no sensor. Essa é uma medida expressa pela letra “f”. Quanto menor o seu valor, mais luz entra, o que resulta em uma foto geralmente melhor em ambientes escuros. Vale ressaltar que a abertura também faz variar a profundidade de campo, possibilitando desfocar o fundo da imagem causando um efeito diferente para a fotografia.

A estabilização, que pode ser óptica ou eletrônica, tenta corrigir tremidas e borrões ocasionados pelo movimento do smartphone. A presença de uma forma de iluminação também pode ser considerada um diferencial. Enquanto alguns aparelhos realmente oferecem um flash LED, outros modelos usam a tela para fornecer o brilho. Com relação à resolução de vídeo, também é bom ficar atento: quanto maior ela for, melhor vai ser a gravação.

Portanto, além de megapixel, temos que considerar a abertura, capacidade de ISO, velocidade de obturador, sensor (tamanho e tipo), estabilização de imagem, HDR, suporte a outros formatos (RAW), lentes e foco. No começo do ano, preparamos uma matéria explicando todas as especificações técnicas de uma câmera, o que também vale para o sensor frontal. Vale a pena ler para ficar por dentro do assunto.

Cupons de desconto TecMundo: