Algumas semanas atrás, diversas celebridades tiveram suas intimidades expostas por causa de uma falha no sistema de segurança do iCloud — um serviço de armazenamento em nuvens da Apple. Depois de muitas acusações sendo lançadas de todos os lados, os ânimos de todos se acalmaram a e a história acabou esfriando para a grande maioria das pessoas.

Mas um especialista em segurança digital afirma que a Apple poderia ter evitado todo o incidente. Isso porque a empresa teria sido notificada das falhas de segurança no iCloud cerca de seis meses antes dos vazamentos de senhas das últimas semanas. Quem afirma isso é Ibrahim Balic, um expert que teria colaborado com a Apple na mesma época.

Ele diz que descobriu a falha e testou cerca de 20 mil senhas em contas do iCloud, tendo grande aproveitamento por meio de ataques de força-bruta realizados nos seus testes. Com o conhecimento do prolema, Balic procurou a Apple para informar que milhões de usuários poderiam estar vulneráveis a ataques de pessoas mal intencionadas.

Por cerca de um mês ocorreu uma colaboração entre Balic e a Apple, mas com a aparente diminuição dos riscos, a empresa da Maçã teria reduzido os esforços em neutralizar definitivamente a ameaça. Balic também afirma que a Apple teria dito que seria impossível usar ataques de força bruta em curtos espaços de tempo, desacreditando os métodos dele. Será que tudo poderia ter sido mesmo evitado? Vale lembrar que ainda nesta semana a empresa negou que o iCloud teria falhas.

Cupons de desconto TecMundo: