A este ponto, é provável que apenas algumas poucas pessoas não estejam sabendo do polêmico vazamento de fotos de dezenas de celebridades que ocorreu no fim de agosto.

Também não é novidade o fato de que o iCloud foi considerado culpado pela falha, visto que todas as imagens vazadas vieram diretamente de pessoas que utilizavam iPhones – e que estes, por sua vez, estavam fazendo o upload automático dos arquivos no serviço. Logo que as suspeitas começaram, a Apple tratou de tomar medidas, buscando brechas no sistema que pudessem ter levado ao vazamento. Mas, para nossa surpresa, parece que não havia nenhuma.

Segundo uma declaração oficial da Maçã, o que ocorreu foi algo bem mais simples: as celebridades foram alvos de ataques diretos, com o objetivo de roubar seus dados de login, senha e questões de segurança. Com essas informações, os hackers simplesmente acessaram as contas, sem qualquer tipo de invasão.

Confira, na íntegra, o comentário da empresa sobre o assunto:

“Nós quisemos prover uma atualização para nossa investigação quanto ao roubo de fotos de certas celebridades. Quando soubemos do roubo, nós ficamos ultrajados e imediatamente mobilizamos os engenheiros da Apple para descobrir a fonte. A privacidade e segurança de nossos clientes são de principal importância para nós. Depois de mais de 40 horas de investigação, nós descobrimos que certas contas de celebridades foram comprometidas por um ataque bem específico em seus nomes de usuário, suas senhas e outras questões de segurança, uma prática que se tornou comum demais na internet. Nenhum dos casos que nós investigamos resultou de qualquer brecha em qualquer um dos sistemas da Apple incluindo o iCloud ou o Buscar iPhone. Nós estamos continuando a trabalhar com as forças legais para ajudar a identificar os criminosos envolvidos.”

Por último, a empresa lembra que, para evitar maiores falhas, é de extrema importância a utilização de senhas consideradas fortes, além de utilizar o método de verificação em dois passos.

Cupons de desconto TecMundo: