Olá! Estou tentando realizar um depósito de R$ 4.500 na sua conta, mas os dados pedidos pelo banco não estão batendo com os que você me passou! Você me passar de volta sua conta, agência e seu CPF?”. Se você já recebeu algum emailparecido com este, temos 99,99....% de certeza de que você foi mirado por hackers ou outros golpistas prontos para conseguir a maior quantidade de dinheiro possível.

Infelizmente, a internet está repleta de pessoas que querem se aproveitar da ingenuidade das outras para conseguir aplicar os golpes. Mas seguindo algumas rápidas dicas, é possível fazer com que os criminosos fiquem sem conseguir qualquer centavo de nossas contas. Está curioso para aprender a salvar seus computadores e suas contas bancárias? Então confira agora mesmo o que separamos para você.

1. Seja vigilante

Não importa o quanto você tente proteger a sua conta, sempre vai haver algum amigo que deixa escapar o seu endereço em um email para vários contatos — e isso vai se espalhar rapidamente até cair em listas de spammers. Por essa razão, a principal lição que podemos dar para proteger sua conta é essa: “Seja vigilante!”. Você vai perceber que isso está envolvido em todos os outros conselhos deste artigo.

2. Ninguém é altruísta na internet

Se alguém quer muito dar dinheiro para você, você deve desconfiar. A menos que você esteja olhando para seus pais em um almoço de domingo, as chances de esse contato estar tentando aplicar um golpe são realmente grandes. Geralmente os golpistas se utilizam da chamada “engenharia social” para convencer as vítimas de que elas vão obter algumas vantagens com a conversa.

Depois de algum tempo, muitos dos golpistas conseguem os dados necessários para roubar todo o dinheiro existente na conta bancária da vítima. Depois de ter dados pessoais, não é difícil fazer com que um link malicioso seja acessado para que as senhas também sejam roubadas. As histórias são muito absurdas, mas convencem algumas pessoas com bastante facilidade.

Um exemplo bem clássico: “Olá! Sou gerente de um banco na África e temos US$ 20 milhões que pertenceram a (algum nome cujo sobrenome é o mesmo que o seu) e ele não tinha herdeiros. Como você tem o mesmo sobrenome, pode resgatar 80% desse valor, precisando apenas pagar uma taxa de US$ 5 mil.”. Acredite: há quem ache que esse preço vale a pena.

3. Então você também não deve ser

A bondade faz parte do ser humano. Nós queremos ajudar o próximo sempre que temos condição e, principalmente, quando as histórias de quem precisa nos comovem. Mas são mínimas as chances de um email pedindo ajuda representar uma história real —ainda mais de um contato desconhecido.

Você conhece a pessoa que está pedindo ajuda? Você realmente confia na causa que ela defende? Se disse “não” para uma das perguntas, é melhor pensar direito antes de doar qualquer quantia. Existem vários casos de pessoas que se aproveitam da ingenuidade alheia para construir pequenas fortunas.

4. Não se esqueça das coisas

Se você vai clicar em algum link recebido por email, pense bem se você pediu por aquela mensagem. Nenhuma instituição bancária vai enviar um extrato completo da sua conta por um link. Nenhum desconhecido vai enviar dicas de como salvar um prédio em chamas por um arquivo executável. Novamente: seja vigilante e não se esqueça de que você não pediu por links.

5. O medo pode colocar você em perigo

Outro tipo de mensagem que pode convencer alguns usuários de internet a clicarem em links são mensagens enviadas com muito preparo visual. E os usuários mal intencionados sabem fazer isso com bastante facilidade. Utilizando da engenharia social, eles podem apelar para os maiores medos das vítimas, tornando ainda mais fácil o ataque.

Por essa razão, tome cuidado com as mensagens que podem dizer respeito à segurança do bairro ou a modos de evitar qualquer tipo de agressão. Lembre-se de verificar os remetentes e não clique sobre links dessas mensagens. Isso pode mandar seu computador livre de ameaças e seus dados livres de roubos.

6. Verifique remetentes

Assim como a dica inicial, a final também engloba todo o resto do artigo. É extremamente importante verificar quem são os remetentes das mensagens recebidas nas suas caixas de entrada. Se você não conhece a pessoa: não abra, não acesse links e não aceite anexos. Se você conhece a pessoa: certifique-se de que a mensagem enviada é algo que seria realmente enviado por ela.

Cupons de desconto TecMundo: