Somente quem mora nos EUA poderá participar do programa de recompensas. (Fonte da imagem: Reprodução/Cidade Digital)

Essas três companhias competem em uma infinidade de atividades econômicas na internet e fora dela, mas, quando o assunto é combater hackers mal-intencionados, parece que essas diferenças não importam tanto. Recentemente, Microsoft, Facebook e Google criaram juntamente com outras empresas especialistas em segurança digital um programa de recompensas chamado “The Internet Bug Bounty”, projeto que vai premiar hackers conscientes que relatarem problemas de segurança significativos que possam prejudicar a internet como um todo.

As recompensas começam em US$ 300 e chegam a até US$ 5 mil por problema reportado. Cada uma dessas brechas de segurança especificadas por hackers serão avaliadas por especialistas das três empresas, juntamente com o pessoal da iSEC Partners e Etsy, que devem determinar a gravidade do problema e definir qual será o prêmio a ser pago.

Contudo, somente residentes nos EUA podem receber o dinheiro do programa e, caso alguma pessoa com menos de 12 anos reporte algo importante, a recompensa será debitada em nome de um responsável legal. Atualmente, quem está patrocinando a ideia e deve pagar os prêmios são apenas Microsoft e Facebook, sendo que a Google entra com suporte, assim como as duas outras parceiras.

“Mesmo que sejamos concorrentes ferozes, as equipes de segurança não precisam competir entre si. Nossos competidores são os criminosos”, explicou Alex Rice, gerente de produtos para segurança do Facebook, em entrevista à Reuters. Ele ainda comentou que a ideia de montar esse projeto surgiu enquanto ele estava em um bar bebendo com Katie Moussouris, que comanda o programa de recompensas da Microsoft, e Chris Evans, que trabalha com a equipe de segurança do Google Chrome.

Cupons de desconto TecMundo: