(Fonte da imagem: iStock)

Já havíamos comentado que, no começo do mês, Microsoft iniciou um trabalho conjunto com o FBI para atacar o botnet Citadel. Agora, a Reuters vem novamente para revelar os resultados dessa empreitada.

Em uma entrevista ao site, Richard Domingues Boscovich, conselheiro assistente geral da unidade de crimes digitais da Microsoft, revelou que o ataque está indo muito bem. “Nós definitivamente liberamos pelo menos 2 milhões de PCs globalmente. Essa é uma estimativa segura”, declarou.

Apesar de tudo, é bom deixar claro que os problemas não acabaram: os líderes da operação do Citadel, conhecidos como “Aquabox”, continuam escondidos, e suas identidades não foram identificadas.

Cupons de desconto TecMundo: