Tweet que anunciou a divulgação dos dados (Fonte da imagem: Reprodução/Twitter)

O suicídio de Aaron Swartz, gênio da computação e ativista dos direitos da internet, parece ter mexido com os brios dos integrantes do grupo Anonymous. Após invadirem computadores do governo norte-americano na semana passada, eles agora divulgaram informações sobre mais de 4 mil executivos e diretores de instituições financeiras dos Estados Unidos.

O ataque, de acordo com eles, faz parte de uma operação – a chamada “Operation Last Resort”, que pode inclusive ser acompanhada pelo Twitter oficial do movimento. Para deixar a ação ainda mais evidente, o grupo postou as informações em um site do próprio governo do país, utilizando a página do Centro de Informações de Justiça Criminal do estado de Alabama (Alabama Criminal Justice Information Center) para revelar todos os dados.

De acordo com o Anonymous, as informações divulgadas incluem endereços residenciais, contas de email, senhas, telefones pessoais, entre outros. Os alvos do ataque são executivos, diretores e diversos outros ocupantes de cargos de chefia em bancos de pequeno, médio e grande porte dos Estados Unidos.