(Fonte da imagem: iStock)

A Secretaria de Defesa dos EUA implementou recentemente uma nova ferramenta para treinar o seu esquadrão particular de hackers. Conforme revelou o site do Washington Post, trata-se de CyberCity, uma cidade virtual com 15 mil habitantes, todos com vulnerabilidades que soam como um convite aos ataques de criminosos — incluindo senhas de banco e de trabalho, além de contas de email.

De fato, a própria cidade possui sua cota de usinas com empregados, hospitais lotados de pacientes e mesmo algumas cafeterias com rede Wi-Fi. A ideia é simular o panorama padrão da internet de uma cidade típica, como forma de expor os agentes em treinamento a alguns dos crimes digitais mais comuns.

Em um dos casos, por exemplo, é preciso assumir o controle de um trem carregando armas de destruição em massa. Mas há diversos outros cenários — conforme revelou a matéria completa do referido jornal.

De qualquer forma, parece um eco natural ao comentário do Secretário de Defesa estadunidense, Leon Panetta: “Os ataques pela internet podem ser tão destrutivos quanto o 11 de setembro”. Bem, agora os hackers “do bem” já têm o seu próprio playground para exercícios.

Cupons de desconto TecMundo: