Página da Anvisa sofre deface com bandeira da Argentina e sai do ar

1 min de leitura
Imagem de: Página da Anvisa sofre deface com bandeira da Argentina e sai do ar
Imagem: Anvisa/Reprodução
Avatar do autor

Uma página da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi invadida nesta quarta-feira (8). O site, que hospeda o formulário de Declaração de Saúde do Viajante (DSV), sofreu o ataque chamado deface, que é como se fosse uma pichação virtual.

"Não ficamos de quarentena para passear pelos seus servidores, vamos ser expulsos também também?", dizia a mensagem assinada por "malt1", "zesty" e "m1kesecurity". Confira, abaixo, uma reprodução do deface.

Anvisa

Apesar da indireta, o texto faz referência ao caso ocorrido no último domingo (5), quando a partida entre Brasil e Argentina foi interrompida em cerca de 5 minutos do 1° tempo na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Um fiscal da Anvisa entrou no campo e determinou que o jogo fosse paralisado, já que quatro jogadores argentinos haviam falsificado a declaração de viajante, escondendo a passagem que tiveram pelo Reino Unido. Pessoas que estiveram na nação europeia precisam passar por uma quarentena obrigatória de 14 dias ao entrarem no Brasil, o que não foi realizado pelos argentinos.

Atualmente, o site formulario.anvisa.gov.br está fora e mostra uma mensagem de erro ao ser acessado. O TecMundo entrou em contato com a Anvisa para saber sobre o problema e atualizará a matéria assim que a entidade se posicionar sobre o assunto.

[Atualização: 17h]: Em resposta ao TecMundo, a Anvisa comunicou que a página de emissão do DSV já em funcionamento e que acionará a polícia para investigar o caso. Confira, abaixo, a nota na íntegra.

"A página para emitir a Declaração de Saúde do Viajante está em funcionamento, como pode ser verificado no portal da Anvisa. Diante a ação criminosa ocorrida na tarde desta quarta-feira (08/09), a Agência está acionando de imediato a Polícia Federal e adotando as medidas técnicas cabíveis".