Comentarista das Olimpíadas 'narra' senha de PC e viraliza na web

1 min de leitura
Imagem de: Comentarista das Olimpíadas 'narra' senha de PC e viraliza na web
Imagem: Reprodução/NBC
Avatar do autor

A disputa de vôlei feminino entre a China e a Turquia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ocorrida na madrugada do último domingo (25), viralizou nas redes sociais — e não foi pelo desempenho das atletas turcas, que venceram as oponentes por 3 x 0. Durante o confronto, um comentarista de uma rede de TV italiana "narrou" a senha do PC que utilizaria.

Stefano Zanero, professor associado de cibersegurança da Universidade Politécnica de Milão, compartilhou o momento em seu perfil no Twitter e brincou: "Da próxima vez em que ouvir pessoas se gabando de protocolos avançados de proteção virtual, assim como de seus produtos voltados à área, responda apenas com este vídeo."

Sem, aparentemente, perceber que estava no ar, o apresentador pergunta a alguém se essa pessoa sabia qual era o código de acesso ao computador — e o uso de termos em inglês não o agradou. "Seria tão difícil chamar 'password' de Pippo, Pluto ou Topolino?", pontuou (nomes do Pateta, do Pluto e do Mickey Mouse no país europeu). Entretanto, o melhor estava por vir.

Booth.03 ('Cabine.03', em tradução livre) era a senha em questão, que, de acordo com o outro envolvido, foi definida pela organização. "Até o ponto torna tudo mais complicado, como se fosse um equipamento da NASA. Da próxima vez vão até colocar um ponto e vírgula. Pelo amor de Deus!", diz o comentarista.

Não tente fazer isso em casa

Neste caso, é difícil que a brecha, confirmada por um representante da emissora, gere consequências desastrosas às Olimpíadas, pois explorá-la demandaria um grande empenho de agentes mal-intencionados; os resultados de uma invasão do tipo, em tese, não compensariam o esforço.

De todo modo, fica o alerta: senhas simples e, além de tudo, públicas podem comprometer dados pessoais e corporativos. Portanto, se bater aquela preguiça de definir passwords elaborados, aposte em gerenciadores e camadas adicionais de segurança. Nunca se sabe quem pode estar escutando suas conversas em, por exemplo, uma transmissão de proporções mundiais.