Como o espião Pegasus entra no Android e iPhone? Saiba tudo sobre ele

1 min de leitura
Imagem de: Como o espião Pegasus entra no Android e iPhone? Saiba tudo sobre ele
Avatar do autor

Telefones infectados, dados vazados, fotos, vídeos e mensagens de textos disponíveis para leitura... E tudo isso causado por um espião que tem nome de uma figura mitológica e de uma constelação do hemisfério norte. Estamos falando dele: o Pegasus. Um espião de celulares que existe há muito mais tempo que você imagina, mas voltou as manchetes nas últimas semanas e, claro, evidenciando seu uso de uma maneira muito perigosa.

Ele virou notícia pela primeira vez em 2017

O Pegasus é costumeiramente utilizado por governos autoritários para roubar informações e acompanhar a vida de jornalistas, atividades e até políticos contrários. Você pode até pensar que isso não tem nada a ver com você e que você não pode ser afetado pelo Pegasus. Bom, sinto lhe dizer isso é uma falsa sensação de segurança - e o Pegasus já deu as caras no Brasil.

Ele virou notícia pela primeira vez em 2017. Segundo um relatório da empresa de segurança ESET, ele foi descoberto enquanto era usado para espionar jornalistas, defensores dos direitos humanos e ativistas anticorrupção. Ou seja, nada mudou.

Quer saber mais? Por exemplo, como ele infecta celulares Android e iPhones? Acompanhe a reportagem em vídeo aqui embaixo!