Brecha no WhatsApp permite que 'stalkers' saibam com quem você fala

2 min de leitura
Imagem de: Brecha no WhatsApp permite que 'stalkers' saibam com quem você fala
Imagem: Altieres Rohr/G1
Avatar do autor

O WhatsApp está envolvido em mais uma polêmica de grande porte. Algumas companhias estão utilizando uma brecha de funcionamento do aplicativo para oferecer serviços de monitoramento de usuários, como descobrir com quais contatos você conversa pelo aplicativo.

Segundo a empresa de tecnologia Traced, o WhatsApp exibe o status "online" de todas as contas do aplicativo sem nenhuma restrição, mesmo para contatos fora da sua agenda. Com a informação, algumas empresas começaram a utilizar a brecha para monitorar a atividade do usuário dentro do aplicativo, o que é um "prato cheio" para stalkers.

Aplicativo permite Aplicativo permite "stalkear" usuários do WhatsApp usando apenas o número do telefone.Fonte:  Traced 

A companhia de segurança não revelou o nome das empresas que oferecem esse tipo de serviço, mas exibiu capturas de tela mostrando como as ferramentas funcionam. Além de saber quando a pessoa esteve online no WhatsApp, o monitoramento promete até desvendar casos de traição.

"Desvendando" traições

Segundo mostram as imagens, as plataformas de monitoramento só precisam que um número de telefone seja cadastrado na plataforma para começar o rastreamento. Com tudo configurado, o serviço começa a marcar todos os horários em que o usuário esteve online no WhatsApp.

As plataformas prometem desvendar casos de traição ao cruzar os dados de monitoramento de dois números diferentes. Se um usuário desconfiado colocar o número de seu cônjuge e da outra pessoa na plataforma, o serviço indica quando as duas contas estiveram online simultaneamente, indicando a probabilidade de uma conversa entre os perfis.

Reviews de usuários que utilizaram os apps de monitoramento para espionar e Reviews de usuários que utilizaram os apps de monitoramento para espionar e "descobrir" traições.Fonte:  Traced 

Como todo o processo é realizado apenas com um número de celular, em nenhum momento o dono da conta fornece consentimento para o monitoramento e pode nunca ficar sabendo que suas informações foram rastreadas. Além disso, as empresas que fornecem esses serviços não estão, tecnicamente, cometendo uma ilegalidade, já que o WhatsApp deixa público o status online de todos os usuários.

Até o momento, o WhatsApp não comentou oficialmente o assunto, mas existem formas simples da rede social contornar o problema. A maneira mais fácil de resolver a brecha seria fornecer aos usuários a opção de desabilitar o status online ou então tornar a informação exclusiva para quem está adicionado como um contato.

O esquema de monitoramento de contas não é a primeira polêmica envolvendo o WhatsApp que está ligada com uma falha de construção do app. Recentemente, especialistas de segurança também descobriram uma brecha estrutural no mensageiro que permite a qualquer pessoa bloquear a sua conta usando apenas o número de telefone.

Fontes

Brecha no WhatsApp permite que 'stalkers' saibam com quem você fala