iOS 14.5: maioria dos usuários bloqueará rastreamento de apps

1 min de leitura
Imagem de: iOS 14.5: maioria dos usuários bloqueará rastreamento de apps
Imagem: Pexels
Avatar do autor

Aproximadamente 68% dos usuários pretendem acionar a ferramenta App Tracking Transparency (ATT) para bloquear o rastreamento de anúncios no iOS 14.5, assim que a nova versão do sistema operacional da Apple for lançada. É o que aponta uma pesquisa da AppsFlyer, divulgada nesta sexta-feira (9) pelo Adweek.

Para chegar a este número, representando mais de dois terços dos usuários, a agência analisou dados de 300 aplicativos em 2 mil dispositivos. Ela verificou que em alguns serviços, a taxa de rejeição ao rastreamento pode chegar a quase 100%, como no caso do app de namoro Bumble.

A empresa descobriu ainda que entre os 32% de usuários que pensam em liberar o rastreamento dos dados para as empresas oferecerem publicidade direcionada, 40% deles pretendem conceder a permissão apenas para os apps com os quais têm maior afinidade.

Com o ATT, o usuário terá mais controle sobre sua privacidade, segundo a Apple.Com o ATT, o usuário terá mais controle sobre sua privacidade, segundo a Apple.Fonte:  Apple/Reprodução 

Caso seja confirmado na prática, o resultado pode representar uma enorme queda no faturamento com publicidade digital gerado pelos proprietários de iPhones. Para o diretor de da empresa de marketing Epsilon Loch Rose, por enquanto não é possível saber qual será o impacto do ATT, mas ele estima uma redução de 50% no valor do custo médio por mil visualizações de anúncio (CPM).

Em busca de alternativas

Preocupadas com as perdas que o bloqueio da coleta de dados do sistema da Maçã pode provocar, grandes empresas buscam alternativas para contornar o problema. Uma das iniciativas anunciadas é a ferramenta CAID, já em teste por companhias chinesas como a ByteDance, dona do TikTok.

A novidade é capaz de driblar o identificador de publicidade online IFDA da Apple, segundo os desenvolvedores, mas precisa ser aprovada pela gigante de Cupertino, o que não há nenhuma garantia de acontecer.

Conforme o MacRumors, também existe a possibilidade de muitos anunciantes se retirarem do iOS e direcionar os investimentos para o Android e sistemas de smart TVs.