Hoje é o Dia Proteção de Dados: saiba como ficar seguro na internet

2 min de leitura
Imagem de: Hoje é o Dia Proteção de Dados: saiba como ficar seguro na internet
Imagem: Pexels
Avatar do autor

Você sabia que hoje, dia 28 de janeiro, é o Dia Internacional da Proteção de Dados? A data não é tão conhecida pelo grande público, mas o assunto tem ganhado cada vez mais força nos últimos anos. A escolha da data foi definida em 2006 pelo Conselho da Europa e surgiu como uma forma de celebrar a Convenção 108 de 28 janeiro de 1981. A convenção foi uma das primeiras normas escritas com o objetivo de garantir o direito à privacidade. Hoje, o dia é lembrado como uma forma de conscientizar empresas e usuários a buscarem e promoverem melhores práticas de proteção de dados nas redes.

LGPD

O assunto ganhou maior notoriedade em 2018, quando cerca de 50 milhões de usuários do Facebook tiveram seus dados vazados para a empresa de marketing político Cambridge Analytica. Com o tempo, notícias sobre o uso de informações por parte de grandes companhias ficaram cada vez mais recorrentes.

Para impedir incidentes como o vazamento de dados e espionagem, foi necessário criar leis cada vez mais duras ao redor do mundo. Na Europa, por exemplo, surgiu o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (General Data Protection Regulation ou GDPR), criado em 2016 pela União Europeia.

Proteção de Dados É essencial saber navegar com segurança na internet (Mati Mango/Pexels)Fonte: (Mati Mango/Pexels)

A norma já foi responsável por aplicar multas a grandes empresas que usaram indevidamente ou não protegem as informações dos usuários de forma adequada. Entre as empresas punidas estão a companhia aérea, British Airways, a multinacional responsável por uma rede de hotéis de luxo, Marriott, e a gigante da informação, Google.

No Brasil, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD ou Lei nº 13.709/2018) entrou em vigor em agosto de 2020 e seu principal objetivo é garantir mais transparência no uso dos dados dos usuários. Mesmo com a lei, ainda é essencial fazer nossa parte e saber dificultar que empresas ou agentes externos, como hackers, acessem nossos dados. Por isso, separamos algumas dicas para você se proteger na internet:

1- Utilize uma VPN

Usar as chamadas Redes Privadas Virtuais, mais conhecidas como VPNs, é considerada uma das melhores saídas para garantir mais privacidade e segurança ao se conectar na rede. Inicialmente, as VPNs eram mais populares entre empresas, já que com ele, o colaborador conseguia acessar com segurança todas as informações da empresa que precisasse, mesmo à distância. Um tempo depois, as redes privadas ganharam conhecimento das pessoas.

2 - Não use sempre sempre a mesma senha ou email

Essa dica parece bem básica, mas muitas pessoas ainda usam as mesmas senhas em todas as redes e até mesmo cartões de crédito. Além disso, usar diferentes endereços de email, segregando cada um por tipo de conteúdo, como emails pessoais, profissionais e inscrições, por exemplo, pode ser uma boa maneira de se precaver caso algum deles seja violado.

segurança de dados A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais entrou em vigor em agosto de 2020 no Brasil (Pixabay)Fonte: Pixabay

3 - Abuse dos programas antivírus

Manter os softwares do computador ou celular atualizados é essencial para garantir mais segurança ao navegar na rede. Dê uma atenção especial aos programas antivírus e renove sempre que precisar. Instalar programas de firewall e criptografia também pode ser um grande diferencial na hora de proteger seus dados.

4 - Cuidado com computadores públicos

Se precisar acessar informações sigilosas, como dados bancários, não utilize computadores ou celulares de terceiros. O mesmo vale para redes públicas de WiFi. Se precisar usar conexões compartilhadas de rede, lembre-se de usar uma VPN.

Hoje é o Dia Proteção de Dados: saiba como ficar seguro na internet