Twitter agora aceita chaves de segurança físicas no celular

1 min de leitura
Imagem de: Twitter agora aceita chaves de segurança físicas no celular
Imagem: CNET
Avatar do autor

O Twitter recebeu suporte para chaves de segurança físicas no Android e iOS. Com isso, os usuários podem vincular um gadget para aprimorar o processo de autenticação em duas etapas nos aplicativos.

As chaves de segurança são objetos físicos que normalmente funcionam via conexão USB, Bluetooth ou aproximação (NFC). Após a configuração, o usuário só pode realizar o login na rede social ao conectar ou aproximar o gadget do smartphone.

Titan Key, chave de segurança física feita pela Google, em uso com celular da SamsungTitan Key, chave de segurança física feita pela Google, em uso com celular da SamsungFonte:  CNET 

O Twitter já conta com suporte para chaves de segurança físicas desde 2018, mas apenas em computadores. A empresa estava com dificuldades técnicas para trazer a função aos celulares, mas conseguiu o feito graças a adoção do novo protocolo de autenticação WebAuthn, implementado no ano passado.

Para que serve a chave de segurança física?

A ferramenta é famosa entre entusiastas de segurança e garante uma camada extra de proteção em comparação aos processos de autenticação de duas etapas convencionais. Apesar de soluções como SMS e apps como Google e Microsoft Authenticator funcionarem bem para uso cotidiano, certos profissionais precisam de uma dose extra de proteção em suas contas.

O Twitter se tornou uma das principais redes sociais de comunicação para figuras públicas e, atualmente, jornalistas, políticos e chefes de estado utilizam o microblog como meio de comunicação principal com seu público. A autenticação via chave de segurança física é mais uma forma para garantir que pessoas famosas e importantes consigam se proteger contra hackers.

Twitter agora aceita chaves de segurança físicas no celular