Brecha de segurança no Windows permite que hackers controlem PCs

1 min de leitura
Imagem de: Brecha de segurança no Windows permite que hackers controlem PCs
Imagem: Pexels
Avatar do autor

Uma nova falha de segurança crítica foi encontrada em todas as versões ativadas do Windows, desde a 7 até a 10. A vulnerabilidade, relacionada a um problema de criptografia no kernel do sistema operacional, permite que terceiros invadam PCs e os controlem como quiserem, de acordo com a equipe de segurança do Project Zero, encabeçado pela Google – que havia dado um prazo de sete dias para publicar novos detalhes.

Segundo a Microsoft, o alerta deve ser observado com cautela, já que, afirma, não há evidências de que a questão tenha sido explorada, declarando, também, que quaisquer ameaças são limitadas. A empresa ainda complementa que a brecha, chamada de CVE-2020-17087, depende de outra para representar perigo, a CVE-2020-15999, já corrigida em patches anteriores.

Portanto, aqueles que mantêm seus SOs devidamente atualizados, aparentemente, não precisam se preocupar.

Falha de segurança no Windows pode trazer muita dor de cabeça.Falha de segurança no Windows pode trazer muita dor de cabeça.Fonte:  Pexels 

Expectativas e ações

A companhia fundada por Bill Gates não cumpriu o limite estabelecido pelo Project Zero, mas espera-se que o próximo pacote, programado para 10 de novembro, traga a solução. "Desenvolver uma atualização de segurança é um equilíbrio entre pontualidade e qualidade", disse um representante à Forbes.

Ainda que qualquer risco imediato deva ser tratado com urgência, é preciso levar em conta as ressalvas indicadas pela Microsoft. De qualquer modo, a princípio, se tudo estiver em sua última versão, não é preciso entrar em pânico.

Brecha de segurança no Windows permite que hackers controlem PCs