Ataque hacker teria causado morte em hospital na Alemanha

1 min de leitura
Imagem de: Ataque hacker teria causado morte em hospital na Alemanha
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Um hospital na região de Düsseldorf, na Alemanha, foi vítima de um grave ataque de ransomware deferido por hackers na última quinta-feira (10) que pode ter causado a morte de uma pessoa. Autoridades locais estão investigando se a invasão aos servidores da instituição está diretamente ligada ao falecimento de uma mulher que não foi capaz de receber atendimento.

Segundo a Associated Press, tudo começou com o sequestro de diversos servidores do Heinrich Heine University, que teve o sistema interno totalmente criptografado, ficando indisponível para uso. Segundo uma nota de resgate enviada pelos responsáveis, o acesso só seria liberado mediante pagamento, medida que não é recomendada por especialistas.

Por causa da situação, o hospital ficou incapacitado de admitir novos pacientes em situação de emergência. Uma mulher ferida que precisaria de atendimento no local foi direcionada para outra unidade de atendimento (em Wuppertal, a mais de 30 km de distância) e não resistiu aos ferimentos durante o trajeto.

Investigação em andamento

Aparentemente, o alvo do ataque era a universidade responsável pelo hospital — e a chave de acesso foi fornecida depois que o responsável pelo golpe foi contatado.

A polícia agora vai atrás dos responsáveis pelo ataque, já que a acusação vai muito além dos crimes virtuais e pode envolver homicídio por negligência. Ainda não há uma confirmação oficial sobre a relação entre o sequestro de servidores e o falecimento da paciente, mas essa é a hipótese mais provável até o momento.

Essa não é a primeira vez que um ransomware dificulta o atendimento em hospitais: esses foram alguns dos alvos do WannaCry, o golpe que marcou o mundo da cibersegurança em 2017.

Fontes

Ataque hacker teria causado morte em hospital na Alemanha