Pirataria de música digital recebe apoio de gravadoras, segundo estudo

1 min de leitura
Imagem de: Pirataria de música digital recebe apoio de gravadoras, segundo estudo
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Gravadoras estariam envolvidas em pirataria de música digital, segundo uma investigação do projeto The Music Mission, lançado pela empresa AudioLock em conjunto com a distribuidora de música Label Worx.

O objetivo do projeto, que recebe apoio de outras gravadoras e plataformas de distribuição, é derrubar sites de pirataria que adotam estratégias para competir diretamente com plataformas legítimas.

Isso é possível devido às suas interfaces, recursos avançados e catálogos vastos, elaborados para dar aos sites uma aparência mais "confiável". Assim, essas plataformas conseguem enganar usuários e cobrar pelo serviço, gerando uma competição desleal. Até o momento, a investigação já identificou 200 sites ilegais.

Catálogos extensos

a  Unsplash/Reprodução 

As informações preliminares do levantamento demonstram que uma única loja pirata tem, em média, 780 mil músicas disponíveis para download no formato MP3 — o que daria mais de dez terabytes de música.

"Se todos forem arquivos mp3 de 320kbps, isso equivaleria a chocantes 69.791 horas de música ou quase oito anos. Se você escutasse tudo isso enquanto caminha, teria chegado à Lua antes de repetir qualquer faixa", afirma a coalizão em seu relatório.

Antipirataria X Serviços ilegais

A investigação ainda encontrou uma empresa que fornece um serviço antipirataria, mas opera uma página pirata por trás desse disfarce. "O proprietário possui convenientemente sua própria empresa de software antivírus e proteção de música. Ambos bons parceiros de uma empresa antipirataria", revela o Music Mission.

Segundo o projeto, vários proprietários de sites piratas também administram gravadoras – cujo catálogo não foi disponibilizado ilegalmente. O Music Mission ainda não revelou os nomes das gravadoras envolvidas e disse que as investigações estão em andamento.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Pirataria de música digital recebe apoio de gravadoras, segundo estudo