Golpe de 'sextortion' lucrou R$ 400 mil em 5 meses: veja como se proteger

1 min de leitura
Imagem de: Golpe de 'sextortion' lucrou R$ 400 mil em 5 meses: veja como se proteger
Avatar do autor

O golpe de sextorsão (ou sextortion, em inglês), que ameaça expor supostos vídeos íntimos ou fotos sexuais da vítima na internet, já chegou aos e-mails de mais de 27 milhões de pessoas, segundo a empresa de segurança digital Check Point, tendo arrecadado o equivalente a mais de R$ 400 mil somente nos últimos cinco meses.

Este tipo de golpe digital começa com o envio de uma mensagem de e-mail ameaçadora que geralmente começa assim: “Estou ciente de que XXXXX é a sua senha”, sendo que o “X” representa a palavra-chave verdadeira da vítima. Na sequência do texto, o hacker alega ter imagens íntimas suas, que serão vazadas na internet caso você não faça o pagamento da quantia exigida em até 24 horas.

Assustadas, principalmente por causa da senha verdadeira informada na mensagem, muitas vítimas acabam cedendo às ameaças e enviando dinheiro aos cibercriminosos. No entanto, o que você não sabe é que a maior parte destas ameaças é falsa e que a sua senha provavelmente foi obtida em ataques hackers anteriores, que costumam vazar milhões de códigos na web para quem quiser ver.

Desesperadas, muitas vítimas acabam pagando para não se expor. (Fonte: Freepik)

De posse destas senhas, os golpistas usam o malware Phorpiex para comparar os endereços de correio eletrônico afetados pelos vazamentos e disparar e-mails em massa em direção a eles — o software é capaz de enviar até 30 mil mensagens por hora — e ficam aguardando para ver se alguém cai na armadilha.

Como se proteger do golpe

Recebeu e-mail com ameaças de exposição de vídeos íntimos? Em primeiro lugar, não se desespere, pois é possível que o golpista não tenha nada seu. Em seguida, acesse o site Have I Been Pwned? e verifique se a senha do seu e-mail foi vazada. Caso ela esteja entre os códigos disponíveis na rede, troque-a imediatamente.

Também é essencial verificar se os sistemas operacionais do computador, celular e tablet estão atualizados, além de fazer uma varredura nos dispositivos com antivírus e outros programas de segurança.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Golpe de 'sextortion' lucrou R$ 400 mil em 5 meses: veja como se proteger