Uma pesquisa da Serasa Experian mostra que o brasileiro, em sua maioria, nunca ouviu falar sobre a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). A LGPD foi aprovada ainda pelo ex-presidente Michel Temer e começará a valer já no próximo ano, em 2020, afetando tanto usuários de internet quanto empresas.

A nova lei passará a estabelecer princípios, direitos e deveres a serem considerados no tratamento de dados pessoais de consumidores e usuários de serviços. Usuários que sofrerem vazamentos de dados poderão ser indenizados e companhias que não saibam como lidar com cibersegurança, e tenham problemas relacionados a isto, poderão receber multas pesadas.

Em porcentagens, vemos que 75% desconhecem ou conhecem pouco sobre a LGPD. Em miúdos, 50% conhece pouco e 25% não tem a menor ideia do que é a Lei Geral de Proteção de Dados.

Por outro lado, os brasileiros que conhecem o básico da lei estão entre 21%, enquanto os que conhecem muito a lei, em detalhes, formam 4%.

pesquisaPesquisa

José Luiz Rossi, presidente da Serasa Experian, diz que “é fundamental que as empresas concentrem esforços para assegurar a proteção e a qualidade dos dados de seus consumidores. Isso também envolve a missão de contribuir para ampliar o conhecimento do cliente sobre o embasamento legal que a Lei vai agregar a essa gestão e como esse tipo de informação pode ser aplicado em prol da evolução do relacionamento e do atendimento”.

A pesquisa ainda traz um dado interessante: pessoas mais velhas (50 ou mais) são mais cuidadosas na internet, diferente da “crendice na web”. Os menos cautelosos têm entre 18 e 29 anos, abrindo mão de dados pessoais de maneira mais fácil.

A Serasa Experian entrevistou 1.564 consumidores de todo o Brasil entre os dias 19 de fevereiro e 1º de março de 2019. A metodologia aplicou, por meio de painel online nacional, um questionário com perguntas fechadas a um público composto por 53% de mulheres e 47% de homens, nas regiões Sudeste, Nordeste, Sul e Centro-Oeste/Norte.

Cupons de desconto TecMundo: