Vishwanath Akuthota, ex-estudante da faculdade de Saint Rose, Nova Iorque, declarou-se culpado de ter usado um pendrive assassino para fritar 66 computadores da instituição no mês de fevereiro de 2019 e pode ser condenado a dez anos de prisão e uma multa de 250 mil dólares. Durante a confissão, ele concordou em pagar pelo prejuízo de $58,471 dólares, cerca de 230 mil reais, que causou à faculdade.  Ainda não se sabe o motivo real para o ataque; Vishwanath tem 27 anos e um MBA na Saint Rose.

O crime é um pouco peculiar, pois Vishwanath se filmou inserindo o pendrive nos computadores enquanto fazia declarações como “eu vou matar esse cara” e “acabou, bum”. O gênio foi preso uma semana depois na Carolina do Norte, cerca de 800 quilômetros de Nova Iorque. Infelizmente não temos esta pérola de vídeo para mostrar, já que ela faz parte da investigação. Vishwanath será condenado no mês de agosto deste ano.

De acordo com o departamento de Justiça de Nova Iorque, Vishwanath alega que adquiriu o pendrive online com o próprio dinheiro. Este tipo de dispositivo não é incomum e funciona como uma pequena arma de choque, armazenando e enviando uma corrente elétrica capaz de queimar um computador, rádio, tablet, PlayStation, ou seja, qualquer coisa que tenha a entrada de USB. Para ver este pequeno assassino em ação, assista ao vídeo abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: