Na semana passada, a Microsoft começou a expandir a quantidade de plataformas com suporte ao Windows Defender. A empresa lançou extensões para os navegadores Google ChromeMozilla Firefox que utilizavam a função de sandbox do Microsoft Edge para aumentar a segurança também nos navegadores concorrentes.

Agora, além de funcionar em outros navegadores dentro do Windows, a função de segurança será disponibilizada para usuários do macOS. Como não fazia muito sentido continuar chamando o programa pelo nome antigo, ele foi renomeado para Microsoft Defender e vai funcionar nas versões Mojave, High Sierra e Sierra do sistema operacional da Apple.

Embora a plataforma usada nos Macs seja conhecida exatamente por não ter a mesma quantidade de malwares e outros tipos de riscos à segurança que o Windows, a Microsoft acredita que o aumento tanto no volume como na sofisticação desses ataques justifica o lançamento de uma versão para várias plataformas. O anúncio também deve agradar profissionais de TI que, por exemplo, gerenciem computadores de marcas diferentes em uma mesma organização.

Por enquanto, a prévia da novidade está disponível apenas para clientes da Proteção Avançada contra Ameaças (ATP) do Windows Defender, indicando que ela é voltada para o mercado empresarial. Ainda não há uma data para o lançamento da versão final ou de uma possível licença comercial.

Cupons de desconto TecMundo: