Golpe no WhatsApp promete brindes da Tilibra na volta às aulas

1 min de leitura
Imagem de: Golpe no WhatsApp promete brindes da Tilibra na volta às aulas
Avatar do autor

Eventos e marcas famosas costumam ser muito utilizados em cibercrimes de phishing e a cada novo período é preciso ficar de olho em promoções ou mimos consideravelmente muito fáceis de conseguir — aqui vale a máxima “quando a esmola é demais o santo desconfia”. Desta vez, os golpistas vêm usando a volta às aulas e a Tilibra para acessar informações pessoais e se espalhar por aí via WhatsApp.

Segundo a empresa de detecção de ameaças ESET, neste caso é utilizada uma cópia de uma promoção verdadeira que vem sendo realizada pela loja virtual da revista Capricho. A versão fake vem sendo disseminada pelo mensageiro, normalmente por uma pessoa conhecida. Ao clicar no link, o usuário é redirecionado para um site muito similar ao autêntico.

Depois de inserir seus dados particulares em uma pesquisa, um comunicado incentiva a vítima a compartilhar a ameaça com cinco pessoas para ganhar uma das agendas personalizadas da Capricho. E é assim que vai viralizando por aí.

Ou seja, ao encontrar esse tipo de material, certifique se trata de verdadeiro, observando bem o endereço de destino das páginas assim como erros de ortografia e design, entre outras coisas. E desconfie ainda mais de “pesquisas” que pedem por dados sensíveis ou outras coisas que nada teriam a ver com esses tipos de presentes dados pelas empresas.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Golpe no WhatsApp promete brindes da Tilibra na volta às aulas