Facebook pode levar multa bilionária por vazamento de dados de usuários

1 min de leitura
Imagem de: Facebook pode levar multa bilionária por vazamento de dados de usuários
Avatar do autor

A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda lançou um ‘inquérito estatuário’ ao Facebook após os relatos múltiplos que envolvem vazamento de dados de usuários da rede social, segundo a CNN. O órgão regulador, ao final da investigação, se notar que o Facebook falhou em proteger a privacidade de seus usuários pode aplicar a multa mais pesada já sofrida pela companhia, alcançando valores bilionários.

A multa pode ultrapassar US$ 1,6 bilhão

Além dos dados explorados por outras empresas, uma notícia da semana passada expôs um novo problema: aplicativos terceiros podiam acessar fotos de usuários da rede social mesmo que elas não tivessem sido postadas ainda. Esse bug em uma API para desenvolvedores chegou a afetar até 6,8 milhões de usuários.

Qual o “perigo” para o Facebook com esse novo inquérito? Ele chega após a realização da GDPR, novo conjunto de leis pesadas no que toca cibersegurança que compreende toda a Europa.

Por causa da GDPR, as companhias que forem culpadas em investigações podem levar uma multa de US$ 23 milhões ou até 4% da receita anual — em 2017, o faturamento foi mais de US$ 40 bilhões; com o crescimento desse número, a multa pode ultrapassar US$ 1,6 bilhão.

Um porta-voz do Facebook comentou para a CNN que a empresa está ciente do inquérito e feliz em responder todas as questões que a Comissão de Proteção de Dados da Irlanda tenha a fazer.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Facebook pode levar multa bilionária por vazamento de dados de usuários