Apple garante que não foram roubadas informações pessoais em invasão hacker

1 min de leitura
Imagem de: Apple garante que não foram roubadas informações pessoais em invasão hacker
Avatar do autor

Apesar de não revelar qualquer detalhe sobre como um adolescente australiano de 16 anos conseguiu roubar 90 GB de dados dos servidores da Apple, a companhia garante que nenhum dado pessoal ou privado de seus clientes foi comprometido.

Segundo um porta-voz da empresa, ela “descobriu o acesso não autorizado, deteve-o e reportou o incidente aos agentes da lei”, registra a Reuters. “Queremos reforçar aos nossos consumidores que os seus dados pessoais não foram comprometidos em nenhum momento durante o incidente.”

O caso veio à tona nesta semana após receber cobertura da mídia australiana. O jovem acessou os servidores da Apple de forma não autorizada por diversas vezes no período de um ano até que a empresa percebeu e solicitou ajuda ao FBI, a polícia federal dos Estados Unidos. A AFP, polícia federal da Austrália, também ofereceu suporte para capturar o hacker.

O garoto, que não teve o seu nome revelado, armazenou os 90 GB de dados roubados em uma pasta chamada “hacky hack hack” em seu computador (pois é) e agora aguarda a decisão da justiça sobre a sua pena. A sentença será anunciada em 20 de setembro.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple garante que não foram roubadas informações pessoais em invasão hacker