A China vai derrubar algumas barreiras na internet disponível na província de Hainan, segundo o South China Morning Post. A ideia é em prol do turismo, já que o governo chinês pretende tornar Hain um porto de livre comércio até o final desta década.

Isso significa que os turistas em Hainan poderão acessar serviços como Facebook, Twitter e YouTube, sites que não acessíveis para cidadãos em outras províncias. Hainan se localiza na ponta sul da China, sendo conhecida também como "Hawaii" chinês.

Vale lembrar que a China possui um dos sistemas de vigilância de massa mais refinados do mundo

Não há informações se outras plataformas, como Google, WhatsApp e Instagram, também estarão liberadas para viajantes e locais. Outro ponto: a notícia sobre o plano de transformar Hain que foi publicada no site governamental foi retirada do ar algum tempo depois.

Vale lembrar que a China possui um dos sistemas de vigilância de massa mais refinados do mundo, com milhões de câmeras e softwares de reconhecimento facial capazes de identificar alvos únicos no meio de cidades. Saiba mais sobre isso clicando aqui.

Cupons de desconto TecMundo: