Um estudante da Ygnacio Valley, na cidade de Concord, Califórnia (EUA) hackeou os computadores da escola para alterar a própria nota e a de seus amigos. A ação aconteceu na semana passada e, após ser descoberto, o estudante pediu desculpas.

"Eu queria pedir desculpas para as pessoas que eu aumentei ou diminuí as notas. E eu sinto muito pelo professor que eu hackeei ”, disse David Rotaro, o aluno de 16 anos da Ygnacio Valley High School.

Infelizmente, Rotaro agora enfrenta 14 acusações criminais

De acordo com as autoridades locais, Rotaro alterou as notas de provas gerais de uma dúzia de alunos — aumentando a pontuação de amigos e diminuindo de desafetos. Para fazer isso, Rotaro enviou um email phishing aos professores da escola. No caso, um email simulando a própria escola pedindo aos docentes para realizarem a troca da senha por uma nova. Ao clicar no link falso, um campo pedia o login e a senha atual dos professores. Dessa maneira, o que era escrito no campo acabava nas mãos de Rotaro.

"Foi muito fácil, foi algo nível iniciante", comentou o aluno. As autoridades envolvidas ainda acharam mais provas do ataque phishing na casa de Rotaro. Como não podia ser diferente, o aluno espera ser um profissional de TI de alto nível. Agora, infelizmente, ele enfrenta 14 acusações criminais.

david rotaroDavid Rotaro, de 16 anos

Cupons de desconto TecMundo: