O site de compartilhamento de imagens Imgur conta com 150 milhões de usuários mensais e uma parcela dessas contas tiveram seus dados roubados em um ataque hacker ocorrido em 2014. A descoberta, feita por um pesquisador, revela que foram expostos 1,7 milhão de registros com senhas e emails.

Problemas não devem ser maiores porque o site não coleta ou acumula dados sensíveis

De acordo com o ZDNet, a falha foi encontrada na sexta-feira semana passada, no dia 24, por um especialista em segurança do serviço de busca por vazamentos Have I Bween Pwned, denominado de Troy Hunt. O Imgur admitiu o erro, que acredita ter ocorrido devido a um sistema de encriptação já ultrapassado e que foi substituído no ano passado por algoritmos mais avançados.

“Estamos investigando essa invasão e assim que soubermos vamos comunicá-los sobre quem foi e quais medidas vamos tomar”, complementou a empresa, em comunicado oficial emitido no mesmo dia em que Hunt encaminhou seu levantamento. Se você tem credenciais no Imgur, a recomendação é que troque suas combinações imediatamente.

Ainda que esse tipo de problema sempre seja preocupante, desta vez a extensão é menor porque o site não acumula dados sensíveis e a maioria das pessoas não costuma usar seus nomes reais e/ou completos na plataforma. Hunt elogiou a rápida resposta da companhia. “Enviei o comunicado sobre esse incidente ao Imgur no meio do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. Eles responderam imediatamente e protegeram as contas atingidas e as notificaram individualmente. Além disso, preparar um comunicado oficial em menos de 24 horas foi absolutamente exemplar.”

Cupons de desconto TecMundo: