Essa ação tem uma grande importância na tarefa de impedir que usuários desavisados caiam em golpes realizados por esses hackers

A Microsoft ganhou uma ação na justiça norte-americana contra um grupo de hackers russos chamado Fancy Bear ou Strontium. Segundo a decisão, os criminosos estão proibidos de enviar softwares maliciosos que infectem a empresa ou seus produtos instalados em milhões de computadores no mundo todo. Eles também estão proibidos de usar as marcas registradas da Microsoft; afinal, elas são registradas pela Microsoft.

Mas... calma aí. Qual é o sentido de proibir que grupos fora da lei realizem ações criminosas? Não é exatamente por isso que eles são... criminosos? Pois é, essa é a mais pura verdade, porém, essa ação tem uma grande importância na tarefa de impedir que usuários desavisados caiam em golpes realizados por esses hackers, que utilizam a imagem e a marca registrada de grandes empresas de tecnologia para ludibriar as pessoas.

Cortando o mal pela raiz

Essa vitória da Microsoft nos tribunais entregou à empresa a posse sobre domínios falsos ligados à marca que a Strontium havia criado para enganar usuários e realizar ataques maliciosos. Endereços como microsoftinfo365.com e livemicrosoft.net usavam o nome da Microsoft, mas eram sites falsos que serviam para os golpes. Pelo uso não autorizado da marca registrada da companhia, eles puderam ser tirados do ar com o aval da justiça.

Sempre que um computador infectado tentar entrar em contato com um servidor de comando e controle, ele será conectado a um servidor seguro e controlado pela Microsoft

Jason Norton, gerente de inteligência contra ameaças da Microsoft, afirmou: “Conceder à Microsoft a posse desses domínios vai permitir à empresa canalizar todas as comunicações com esses domínios para servidores protegidos, eliminando os meios pelos quais os réus da Strontium se comunicam com os computadores infectados. Em outras palavras, sempre que um computador infectado tentar entrar em contato com um servidor de comando e controle através de um dos domínios, ele será conectado a um servidor seguro e controlado pela Microsoft”.

Milhares de domínios maliciosos envolvendo a marca da Microsoft já foram identificados pela empresa e mais de 70 pontos de comando e controle da Strontium foram desativados.

Cupons de desconto TecMundo: