Parece que o inverno está longe de terminar para a HBO. Se você está acompanhando as notícias que publicamos aqui no TecMundo, deve se lembrar de que a empresa teve seus servidores hackeados e, por isso, detalhes de episódios de “Game of Thrones” começaram a surgir aqui e ali. Além desse material, foram disponibilizados alguns documentos internos, e parece que a “farra” ainda está longe de terminar.

De acordo com informações do The Hollywood Reporter, os mesmos hackers que vazaram os documentos mencionados acima colocaram na rede diversos emails recebidos por um dos executivos da HBO ao longo de um mês. Além disso, os autores da ação endereçaram uma mensagem a Richard Plepler, diretor-executivo do canal, exigindo o pagamento de um montante para não aumentar esse estrago (que aparentemente seria o equivalente a "seis meses de salário do executivo em Bitcoins", ou quase US$ 6 milhões) – que pode incluir até mesmo os telefones e emails pessoais dos atores Peter Dinklage (que interpreta Tyrion), Lena Headey (que dá vida a Cersei) e Emilia Clark (a Daenerys).

Como se os detalhes acima fossem pouco, também é possível visualizar na imagem que está a seguir um outro detalhe importante: os responsáveis pelo ataque conseguiram o roteiro daquilo que será exibido no quinto episódio da atual temporada de "Game of Thrones", e ter essas informações circulando por aí pode ser extremamente prejudicial para o futuro da série.

“Conseguimos invadir com sucesso a sua grande rede... [a] HBO foi um dos nossos alvos mais difíceis de lidar, mas nós conseguimos [isso levou aproximadamente seis meses]”, diz a mensagem direcionada a Plepler obtida pelo site. Outro detalhe mencionado nesse comunicado é que o prazo para o pagamento do montante milionário é de três dias, mas não há uma informação de quando ele começa.

Parece que a HBO não tem razões para acreditar que isso realmente aconteceu

Entretanto, parece que a HBO não tem razões para acreditar que isso realmente aconteceu – ao menos é o que dá a entender um comunicado divulgado pela empresa, no qual podemos ler que “apesar de ter sido informado que uma quantidade de emails foi disponibilizada para o público, uma análise dos arquivos não nos oferece uma razão para acreditar que nosso sistema como um todo foi comprometido”.

Estaria a audiência de "Game of Thrones" ameaçada pelos hackers?

Perdas consideráveis

Segundo relatos dos próprios invasores da rede da HBO, aparentemente eles têm em seu poder cerca de 1,5 TB de dados importantes para a companhia, incluindo nessa lista episódios de “Game of Thrones” que ainda não foram exibidos e estão sendo publicados na rede antes de suas estreias.

Nas palavras dos hackers, ainda há mais material que será revelado conforme o tempo for passando, o que realmente pode complicar um pouco o lado da HBO caso algo não seja feito o mais rápido possível.

Cupons de desconto TecMundo: