Depois de tomar três dos maiores sites de vendas de produtos ilegais da Dark Web, a força-tarefa composta por FBI, DEA e pela polícia nacional da Holanda está com a mira apontada para as pessoas que compram produtos nessas plataformas – em especial do segundo maior site, o Hansa.

Um dos usuários foi ao Reddit para avisar outras pessoas que a polícia está investigando sua conexão por causa da compra de uma quantidade pequena de drogas que ele fez no site.

“Fiz um pedido no Hansa antes de tudo ir por água abaixo. Fui notificado pela polícia. Estou sendo acusado por comprar uma quantidade minúscula de meta[nfetamina]. Isso aconteceu aqui no oeste da Europa. A polícia local conseguiu a informação com a polícia holandesa”, explicou ele em uma postagem anônima.

As autoridades holandesas já anunciaram, através do Twitter, que têm mais de 500 endereços de compradores do Hansa – e não pretende parar por aí.

O usuário ainda falou que ele usou uma criptografia antes de colocar o pedido, mas que a polícia ainda assim conseguiu rastrear a compra que, segundo ele, foi referente a menos de US$ 20 em bitcoins.

Outros usuários, no entanto, permaneceram céticos em função da falta de provas apresentadas na postagem anônima.

Cupons de desconto TecMundo: