Um novo relatório mostrado pela Norton (Norton Cybersecurity Insights Report) mostra que 2016 foi um ano diferente para a segurança digital. No período, o cibercrime viu a diminuição do impacto financeiro médio nos ataques e roubos, mas teve um aumento considerável no número de pessoas afetadas. Segundo a empresa, foram 689 milhões de indivíduos atingidos e isso gerou perdas de US$ 125 bilhões — sendo US$ 10,3 bilhões somente no Brasil.

E para 2017, quais são as previsões? De acordo com a empresa, delitos relacionados ao sequestro de máquinas com os já conhecidos ransomware devem subir muito durante o ano e com “grande capacidade de se diversificar e serem ainda mais sofisticados, já que os cibercriminosos estão cada vez mais gananciosos”.

Ao contrário do que se acreditava, os ransomware voltaram a crescer e chegaram a 56 mil ataques mensais no ano passado — lembrando que os resgates aumentaram e chegaram a valores entre US$ 294 a US$ 679.

Phishing e outros

O relatório da Norton também relembra que os ataques por phishing devem continuar durante este ano — infelizmente, eles ainda conseguem fisgar um número enorme de desavisados. Como você deve saber, esse tipo de ataque costuma disfarçar páginas falsas em sites ou emails para enganar consumidores e roubar dados sigilosos — incluindo dados bancários, é claro.

De acordo com a firma de segurança, 30% dos usuários de internet ainda não sabe identificar ataques quando essas tentativas ocorrem; somente 13% sabem diferenciar um email falso de um legítimo nas caixas de entrada. Também há a informação de que 80% dos usuários afetados já tiveram programas maliciosos instalados em seus equipamentos.

Somente 13% sabem diferenciar um email falso de um legítimo nas caixas de entrada

Por fim, outro tipo de ataque que deve crescer em 2017 são os direcionados a aparelhos conectados na Internet das Coisas. Os especialistas dizem que 20% dos aparelhos domésticos não contam com proteção e isso pode ser um grande chamariz para os espertinhos de plantão.

Você acha que está protegido contra tudo isso?

Cupons de desconto TecMundo: