Estudo aponta que os idosos são alvos fáceis na internet

1 min de leitura
Imagem de: Estudo aponta que os idosos são alvos fáceis na internet
Avatar do autor

Na última quinta-feira (29), a empresa Kaspersky lab divulgou uma pesquisa, feita com cerca de 12,5 mil usuários acima de 55 anos de idade, revelando o comportamento deles na internet. Os resultados se mostraram preocupantes, pois sugerem que a geração mais idosa é um alvo bastante atraente para os criminosos virtuais. Quando estão online, muitas pessoas dessa faixa etária usam o meio para comprar, se comunicar com entes queridos e acabam não se protegendo das ameaças virtuais.

Apesar de esse grupo ser mais propenso a instalarsoftwares de segurança em seus computadores, ele tende a proteger menos seus dispositivos móveis e não toma as devidas precauções para se manter mais seguro no meio online. Por exemplo, esses usuários usam menos as configurações de privacidade alta nas mídias sociais do que os mais jovens (30% contra 38%) e provavelmente não aproveitam as funções oferecidas pelos aparelhos, como a localização.

Segundo a pesquisa, a falta de conhecimento cibernético por parte dos mais velhos os torna menos preparados para os perigos da rede. Contudo, apenas a metade dos entrevistados (49%) se preocupa com a vulnerabilidade ao comprar produtos pela internet e a grande maioria (86%) acredita que não será afetada pelos criminosos. Para saber mais, acesse a pesquisa da Kaspersky na íntegra.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Estudo aponta que os idosos são alvos fáceis na internet