Nesta semana, aconteceu o concurso Pwn2Own, evento anual realizado em Vancouver, no Canadá, durante a conferência CanSecWest — a qual é patrocinada pela HP e premia pesquisadores de segurança que encontrem e compartilhem falhas nos mais diversos softwares.

Quem saiu dessa premiação com o bolso cheio foi o sul-coreano JungHoon Lee, mais conhecido na internet como lokihardt. Ao todo, o hacker ganhou US$ 225 mil — algo em torno de R$ 730 mil na cotação atual — por concluir diversos desafios impostos pelo concurso. De quebra, o jovem ainda levou para casa os notebooks cedidos pela organização do evento para a realização dos testes de invasão.

Primeiro, Lee embolsou US$ 75 mil por conseguir executar um código remotamente no Google Chrome e mais US$ 10 mil por invadir a versão Beta do navegador. Em seguida, o rapaz somou US$ 25 mil ao seu prêmio após burlar determinados privilégios de segurança do Windows. Essa parte da apresentação durou aproximadamente dois minutos, ou seja, ele faturou US$ 916 por segundo.

Mais tarde, lokihardt foi premiado com US$ 65 mil devido a explorações do Internet Explorer 11 e US$ 50 mil pelo ataque bem-sucedido ao Safari. Diferente de outros pesquisadores participantes do Pwn2Own, que trabalharam em equipes, JungHoon Lee atuou sozinho em todas as atividades, o que significa que ele não precisará dividir essa bolada com ninguém.

Cupons de desconto TecMundo: