De acordo com um levantamento feito pelo indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes – Consumidor e publicado nesta terça-feira, 152.907 tentativas fraudulentas foram registradas em fevereiro, ou seja, isso representa uma tentativa de roubo a cada 15 segundos. Em comparação com o mesmo período no ano de 2013, houve uma alta de 3,2%.

Nesse tipo de ocorrência, dados pessoais são utilizados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou até mesmo para a obtenção de créditos com a intenção de não honrar os pagamentos.  

O setor mais afetado foi o de telefonia, que corresponde a 57.055 registros e representa 47,3% do total das tentativas de fraude realizadas em fevereiro deste ano. Imobiliárias, construtoras, seguradoras e serviços em geral aparecem na segunda colocação com 48.464 tentativas de engano (31,7%) e o setor bancário encontra-se em terceiro no ranking com 20,6% do total, ou seja, 31.524 casos registrados.

O varejo também foi um dos setores mais afetados com 12.596 tentativas – 8,2%. Segundo o indicador Serasa Experian, as principais tentativas fraudulentas incluem a emissão de cartões de crédito, o financiamento de eletrônicos – TV, aparelho de som, celular etc –, aquisição de automóveis, abertura de empresa fajuta e conta em banco com uma identificação falsa ou roubada.

O site oficial ainda oferece algumas explicações e orientações para que o consumidor adote cuidados simples em seu dia a dia. 

Cupons de desconto TecMundo: