(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Ciente de que o sistema de senhas usado atualmente não é uma solução de segurança exatamente eficiente, a Google anunciou na última terça-feira (23) que acaba de entrar para o quadro de diretores da FIDO Alliance. A entidade se dedica a criar métodos alternativos de autenticação para impedir o acesso indevido a sites e serviços.

Entre as técnicas empregadas estão sensores biométricos, tecnologias de reconhecimento vocal e facial, dispositivos USB com senhas geradas aleatoriamente e códigos que só podem ser utilizados uma única vez. O objetivo é criar uma nova especificação de segurança integrada capaz de gerir dados usados em diversos serviços que têm a internet como base.

Antes de a Google se juntar ao grupo, já faziam parte da aliança nomes de peso como a Lenovo, PayPal, Nok Nok Labs e a Validity. Além da gigante do mundo das buscas, a NXP e a CrucialTec também passaram a ocupar cargos no quadro de diretores da iniciativa a partir da última terça-feira.

“Juntar-se à FIDO Alliance é uma ótima forma de aumentar as discussões da indústria relacionadas a padrões abertos que propiciem processos de autenticação fortes”, afirmou Sam Srinivas, responsável pelos esforços de segurança de informação da Google. “Estamos entusiasmados em continuar o desenvolvimento de sistemas universais fortes como parte desse grupo”, complementou.

Cupons de desconto TecMundo: