(Fonte da imagem: Reprodução/The Wall Street Journal)

A operadora de cartões de crédito Global Payments confirmou no último domingo (primeiro de abril) que cerca de 1,5 milhões de cartões de crédito tiveram seus números comprometidos por hackers. Como resultado, a empresa norte-americana perdeu o selo de aprovação de segurança da Visa, o que deve ter grande impacto em suas operações futuras.

A Global Payments não esclareceu os métodos empregados pelos invasores para obter as informações confidenciais, que podem ser usadas para criar cartões falsos. Segundo a organização, os criminosos conseguiram exportar os dados para um endereço desconhecido, o que torna o caso ainda mais sério.

De acordo com a empresa, somente os números dos cartões foram roubados, sem que houvesse o comprometimento de informações relacionadas aos nomes, endereços pessoais ou números de seguro social de seus donos. “Baseada em análises forenses, monitoramento de redes e medidas de segurança adicionais, a empresa acredita que esse incidente foi contido”, afirmou um representante da companhia ao The Wall Street Journal.

Confiança abalada

Embora a decisão da Visa de remover a Global Payments de sua lista de parceiros confiáveis não tenha caráter permanente, será preciso que a organização prove que suas medidas de segurança são compatíveis com as exigências da indústria. Segundo uma declaração feita por Amy Corn, representante da operadora, a expectativa é a de que a situação seja resolvida muito em breve.

Vale destacar que as atividades realizadas pela companhia não sofreram qualquer espécie de paralisação, e ela continua a trabalhar da mesma forma que antes. Porém, a perda do selo de aprovação pode fazer com que ela diminua sua representatividade no mercado, já que clientes em potencial podem não se sentir confortáveis em fornecer informações sobre seus cartões de crédito a ela.

Cupons de desconto TecMundo: