(Fonte da imagem: Reprodução/Forbes)

Ideal para hackers e crackers de plantão, este minicomputador Linux possui uma função muito específica: roubar informações transmitidas via redes de internet sem fio. O F-BOMB roda sistema operacional Linux e consegue criar backdoors (falhas de segurança para acesso a portas dos computadores) para coletar dados sobre a navegação – isso inclui páginas visitadas e senhas digitadas.

O responsável pelo projeto é Brendan O’Connor – especialista em segurança digital. Composto por uma pequena placa-mãe, 8 GB de memória Flash, antenas Wi-Fi, GPS e uma bateria para que a máquina possa ficar ligada dentro de mochilas e outros “esconderijos”. Nos Estados Unidos, o preço cobrado por um aparelho desses deve ser inferior aos 50 dólares (86 reais).

Segundo a revista Forbes, O’Connor conseguiu um contrato com a DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa) para produzir variações do aparelho para testes que podem ser realizados em breve. Isso pode incluir até mesmo F-BOMBs com sensores de gases e outros materiais – que seriam ideais para a segurança de laboratórios, por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: