Samsung trabalha em novo dispositivo que detecta derrames

1 min de leitura
Imagem de: Samsung trabalha em novo dispositivo que detecta derrames
Avatar do autor

A tecnologia não se resume a processadores cada vez mais rápidos e placas de vídeo que tornam os jogos mais bonitos: ela também está em áreas que realmente ajudam os seres humanos a terem uma vida melhor. Por isso, quando ações como essa da Samsung são anunciadas, só podemos esperar ela que seja disponibilizada e tenha fácil acesso em todo o mundo.

A companhia coreana anunciou que seus engenheiros estão trabalhando em um novo dispositivo vestível que é capaz de detectar derrames (acidente vascular cerebral). O projeto foi iniciado há dois anos e faz parte do Samsung Creativity Lab.

O anúncio comenta que um novo protótipo está pronto. Seu nome é EDSAP, ou Early Detection Sensor & Algorithm Package. Ele funciona detectando as ondas cerebrais, assim, pode identificar possíveis derrames cerebrais.

Como funciona

Abaixo, você poderá entender como ele funciona nas palavras da Samsung:

"Os sensores EDSAP são colocados em um headset, coletando e transmitindo dados wireless de ondas cerebrais. Então, um algoritmo analisa essas ondas e determina a probabilidade de um derrame. Tudo isso acontece dentro de até 60 segundos. Também, ao rastrear as ondas do cérebro por muito tempo, o EDSAP pode utilizar seus recursos para fornecer informações relacionadas à saúde neurológica, como stress, ansiedade e padrões de sono".

Como a Samsung deixou claro, ele ainda é um protótipo. Mas passos como esse são gigantes, já que nos próximos anos poderemos ter um ótimo dispositivo de prevenção.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Samsung trabalha em novo dispositivo que detecta derrames